quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

O CASO FREEPORT

Em minha opinião, salvo outra melhor sobre o assunto, isto era precisamente aquilo que o sr engº José Sócrates precisava perante a sua difícil e complicada situação politica actual, sujeito que está a toda uma onda de contestação não controlada; depois de ser envolvido neste escandalo e de ser criado um clima de suspeição á sua volta sem nunca ser provado qualquer facto em concreto, vai renascer das cinzas tal como uma fénix:
Vai aparecer como aquele que "afinal até é honesto" e como aquele a quem "os inimigos politicos quiseram fazer-lhe a folha"; depois é só jogar com o sentimentalismo e nobre sentido de justiça do povo português e o resultado vai ser,... maioria nas eleições...
A ser assim, grande jogada estratégica a do nosso primeiro!!!

2 comentários:

Daniel Silva (Sair das Palavras) disse...

ainda nao se consegue vislumbrar bem o resultado, mas é uma leitura ;)

Anónimo disse...

Isto não foi feito contra o Sócrates mas sim pelo Sócrates.
Vai sair disto como o coitadinho e pedir aos portugueses, como forma de castigarem os seus detractores, o votozinho para a maioria...